Tie-Dye e Homens Plus Size. Algumas dicas de como usar essa trend a seu favor.

E já é verão na minha terra, Recife-PE. Uma das minhas estações favoritas, cheia de cores, sabores, alegria e tendências que só combinam nessa época. Uma delas, é a TIE-DYE, que já vem sendo explorada em desfiles internacionais nesse segundo semestre e será uma grande aposta para 2020. Mas será que homens plus size ficariam confortáveis e estilosos usando essa tendência? Vem conferir algumas dicas de como arrasar nessa vibe super casual e moderna.



Já começamos falando o significado dessa palavra super American Style. Tie-Dye vem do Inglês e significa AMARRAR E TINGIR. Algumas culturas mundiais, como a Africana e Asiática já praticavam tal arte em suas roupas desde o século VI, mas graças ao movimento Hippie Americano por volta da década de 60, tal conceito ganhou força e agora, faz parte do movimento Pop nas passarelas.

Na verdade, essa tendência se passa por uma técnica super simples e que deixa alguma camisa velha ou aquela calça abandonada, em peças super conceituais. Eu sempre fui de me enjoar rápido das roupas, então às vezes pegava uma camisa neutra antiga, amarrava com um elástico na frente, formando um “coque” retorcido, feito aqueles de cabelo, e tacava água sanitária hahahahahahahahah Claro, só fica interessante fazer isso com uma peça antiga e que você não vai ficar com pena de jogar fora, se não der certo.


Para homens gordos, tal tendência pode ser até um coringa na hora de escolher um look fluido, confortável e moderno. A estampa resultante de tal técnica, deixa a peça super corrida e assimétrica, induzindo ao não limite de projeção da estampa, da qual auxilia no molde da roupa no corpo de pessoas gordas, pois as manchas ou aspirais atuam em ótica de continuidade, dando aquela ajuda na quebra de achatamento lateral, delimitação corporal e redução na ótica de aumento frontal. Resumindo: vai ajudar a disfarçar as ondulações laterais e frontais, te dando mais postura e deixando o look mais leve (para quem de incomoda).



Uma grande dica é aproveitar essa fluidez toda e deixar a peça em tal estampa, solta, aderindo a sobreposições ou até outras estampas que conversem com a cartela de cores da roupa em tie-dye, que pode ser uma camisa, calça e até blaser. O povo adora ser criativo e como o céu é o limite, tudo pode aderir tal tendência.


Tecidos de algodão e linho caem bem nessa vibe e acessórios como couro complementam mais ainda o look, além de peças secundárias em jeans que podem dar aquele toque style. E só pra você não esquecer, a estampa ganhou força com o movimento hippie, então deixar o look confortável e até com peças que estejam super disponíveis no nosso guarda-roupas, é a chave do sucesso.


Tudo pode ser usado ao seu favor e no caso dessa trend, tudo vai de acordo com o complemento. Arrase!!!!