Outubro Rosa. Câncer de Mama em homens. Existe?

Homens também devem se preocupar com o câncer de mama. É algo difícil de acontecer, mas pode. Vem entender o que causa tal doença, como prevenir e o que deve ser feito quando descoberto o diagnóstico.


Mês de Outubro é considerado o mês rosa por ser a cor representante do movimento de prevenção ao câncer de mama.

Muitos não sabem, mas acontece, apesar da quantidade ser pequena eles também tem hormônios femininos e glândulas mamárias. Para cada 100 mulheres diagnosticadas com câncer de mama, existe 1 homem com o mesmo diagnóstico.

Mas calma! Não precisa se desesperar. É só prestar atenção no corpo e sintomas.

Geralmente acontece com homens acima dos 60 anos, e é mais frequente nos que têm casos desse neoplasma maligno na família.


Diferente das mulheres não existem exames de rotina para eles, por ser mais raro, esse acompanhamento acaba acontecendo quando chegam ao médico com a queixa. Não deixe de fazer consultas de rotina, viu?

E você homem, não ache que é besteira, é sempre importante que prestem atenção no corpo e em casos de inchaço próximo ao mamilo ou um caroço, alguma secreção na região, é sinal de que se deve procurar um médico.

Porém também podem ser sinais de um ginecomastia – o aumento das mamas totalmente benigno sendo o excesso de tecido mamário - causado por desequilíbrio hormonal e não ao excesso de gordura. Sendo o mais comum e sem risco para câncer de mama.


A mastectomia, cirurgia realizada  - depois do diagnostico - que consiste em retirar toda a mama. Os tratamentos se necessários, são: quimioterapia, bloqueio de hormônios, radioterapia.

E assim como as mulheres é muito importante o apoio dos entes queridos e amigos.

Texto por Isabele Cavalcanti